Page 2 of 2

Guia de hospitais São Paulo: Os 5 Melhores hospitais do estado de São Paulo

Com toda certeza, é no estado de São Paulo que estão localizados os principais e melhores hospitais do Brasil e por este motivo, um Guia de hospitais São Paulo é de extrema importância para você conhecer um pouco mais sobre estas renomadas instituições de saúde.

Além, do estado ser referência comercialmente, é nele também que as principais instituições de saúde estão localizadas.

Aproveite que você vive em um dos locais que possuem os melhores hospitais do país e valorize a sua saúde, procure sempre instituições de renome e que possa oferecer a você e seus familiares o melhor tratamento possível.

Guia de hospitais São Paulo Os 5 Melhores hospitais do estado de São Paulo

Hospital Alemão Oswaldo Cruz

A primeira instituição de saúde do nosso Guia de hospitais São Paulo é o Hospital Alemão Oswaldo Cruz.

Este é um dos primeiros hospitais particulares do país a receber uma certificado de excelência europeia, mostrando que qualidade é uma prioridade na instituição.

O hospital possui centro avançado de terapia de suporte e Medicina Integrativa que foi reconhecido pela reconhecido pela Sociedade Europeia de Oncologia Médica como um centro de cuidados paliativos para pacientes com câncer de referência.

Além de ser referência no tratamento oncológico, o Hospital Alemão Oswaldo Cruz se destaca também no atendimento nas áreas de nefrologia, robótica médica, obesidade, diabetes, doenças,  próstata, ortopedia, cardiologia e  endoscopia.

Hospital Samaritano

Quando se fala de hospitais de qualidade do estado de São Paulo, o Hospital Samaritano no sempre está incluído e por este motivo não poderia ficar de fora do nosso Guia de hospitais São Paulo.

Além de ser um dos melhores do estado, ele está na 4º posição das melhores instituições de saúde da América Latina.

Com mais de 100 anos de existência, o Hospital Samaritano é referência nas mais diversas áreas e possui uma ideologia de uma medicina humanizada que preza pelo bem estar físico e psicológico de seus pacientes.

A instituição é filantrópica, ou seja, além de atendendo convênios particulares, também atende pacientes do SUS.

O hospital possui um programa de cuidados paliativos, voltada a dar atendimento a pacientes vítimas de doenças terminais, para que esta fase seja a mais calma e tranquila para os mesmos e seus familiares.

Além do hospital sede na capital do estado, a instituição conta com mais seis unidades espalhadas por todo o estado de São Paulo.

Hospital Israelita Albert Einstein

O Hospital Israelita Albert Einstein é outro que é reconhecido no Brasil inteiro como um dos centros de saúde de maior qualidade.

Assim como o Hospital Samaritano, o Albert Einstein também está incluindo na lista dos melhores hospitais da América Latina.

Além do atendimento médico, a instituição também é referência no ensino e pesquisa, sendo um dos primeiros e único do país a estar habilitado a formar cirurgiões especializados em cirurgias robóticas.

O Hospital Israelita Albert Einstein não poderia ficar de fora do nosso Guia de hospitais São Paulo, pois além da área de medicina robótica, é referência também em transplantes, neurologia, oncologia, pediatria, cardiologia, cirurgia, ortopedia e psiquiatria.

Hospital Paulistano

O Hospital particular Paulistano não pode ficar fora deste Guia de hospitais São Paulo, afinal oferece um atendimento digno de hotel aos seus pacientes.

Pertencente ao grupo de seguros Amil Participações, a especialidade de atendimento do hospital é para casos de média e alta complexidade.

Esta também, é uma das poucas instituições de saúde particular do Brasil autorizada a realizar transplantes de rins.

O Hospital Paulistano, possui também uma equipe multidisciplinar especializada nos mais diversos tratamentos como o  da dor, de doenças e lesões na pele e respiratórias como a  asma.

Hospital TotalCor

O Hospital TotalCor é o mais jovem do nosso Guia de hospitais São Paulo, estando em operação a apenas quatro anos.

A instituição também pertence ao grupo Amil, e ter como especialidade a realização de tratamentos e procedimentos oncológicos.

Concluindo

Para você que mora no estado de São Paulo ou nas imediações, com o nosso Guia de hospitais São Paulo em caso de necessidade você já sabe com quais instituições de saúde contar.

O nosso guia, possui apenas as melhores instituições,  tanto públicas como particulares, para você ter maior diversidade no momento da sua escolha.

Qual a importância de medir a velocidade da internet com frequência?

Nos dias de hoje é muito raro alguma residência não possuir um computador ou até mesmo um celular sem conexão com a internet.

Existem também diversas operadoras que oferecem esse serviço. Há uma grande opção de pacotes de Megabytes ou até mesmo Gigabytes que são oferecidos, pelos mais variados valores.

Mas será que a velocidade contratada por você junto a sua operadora é o que realmente chega até o modem em sua residência?

Para isso, existem o medidor de internet, que tem a finalidade de fazer a medição de quanto você está recebendo de banda.

Qual a importância de medir a velocidade da internet com frequência

Aqui veremos alguns motivos para você usar o medidor de internet e verificar realmente se você está recebendo em sua casa aquilo que está pagando.

 

1 – Verificar motivos de lentidão

Se, ao utilizar seu computador ou celular, você notar que sua conexão está lenta, é um bom momento para entrar num site medidor de internet e conferir com está a sua conexão. Muitas vezes você contrata determinado pacote de banda e não está recebendo nem metade do contratado.

 

2 – Verificar diferença de conexão wireless e com cabo

Muitos perguntam se a velocidade de conexão via cabo e via wireless são a mesma. A resposta é não. Uma conexão via cabo, transmite o sinal diretamente do seu modem ao seu computador, sem desvios. Já no caso da conexão wi-fi se dá por meio do ar, quanto mais obstáculos estiver entre seu aparelho e seu modem, menor será a velocidade de conexão.

Com o medidor de internet você pode fazer o teste e ver que realmente a conexão via cabo é mais rápida.

 

3 – Identificar quanto de banda está recebendo

As vezes temos uma conexão muito lenta e não sabemos identificar quanto de banda temos em nosso contrato.

Utilizando-se do medidor de internet é possível verificar essa informação (desde que não haja problemas de conexão, nesse caso o valor será alterado).

 

4 – Identificar porque seus downloads demoram para serem concluídos

Se você tem o costume de fazer download de vários arquivos da internet, deve verificar se a taxa de conexão está normal, caso contrário haverá muita lentidão para baixar seus arquivos.

Pelo medidor de internet você também consegue identificar se a taxa de download se está normal.

 

5 – Identificar sua taxa de upload

Ao contrário do caso acima, se você tem o costume de colocar muitos materiais e arquivos na internet (como no caso de colocar vídeos no Youtube) e a taxa de upload estiver baixa, seus arquivos terão uma certa lentidão para serem carregados no site desejado.

Através do medidor de internet, também é possível identificar sua taxa de upload e verificar se a mesma está normal.

 

6 – Fazer testes constantes

Se você deseja fazer agora mesmo um teste e verificar a taxa da conexão de sua internet, é simples e rápido.

Acesse o site https://medidordeinternet.com.br, clique em “Iniciar Teste” e aguarde que o próprio site se encarrega de lhe dar essas informações.

 

7 – Identificar problemas em redes corporativas

Na maioria das redes corporativas é utilizado a internet para se realizar a transferência de arquivos entre computadores.

Se a taxa de transferência estiver baixa, consequentemente haverá lentidão na transferência de arquivos.

Nesses casos a utilização do medidos de internet também é uma ótima alternativa.

 

8 – A taxa de banda pode oscilar

Muitas vezes a velocidade de conexão que você está usando agora não será a mesma que estará utilizando daqui a umas horas.

A velocidade de conexão oscila com muita frequência e a utilização de um medidor de internet com frequência em seu aparelho faz com que você identifique essas oscilações.

 

9 – Importância  da velocidade de conexão para alguns trabalhos

Pessoas que utilizam-se da internet constantemente para poder exercer sua profissão sabe o quão necessário é ter uma velocidade de qualidade.

Com a utilização do medidor de internet com frequência pode-se monitorar essa velocidade e qualidade de conexão.

 

10 – Contatar a sua operadora

Em muitos casos, a lentidão da conexão se dá por conta de erros internos da operadora prestadora do serviço de internet. Você identificando essa lentidão através do medidor de internet pode fazer com que você entre em contato com sua operadora para verificar se há alguma falha.

Seguro DPVAT: O que é e quem tem direito ao Seguro DPVAT

Criado no ano de 1974, o Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores Terrestres, conhecido por todos como Seguro DPVAT, existe com a finalidade de indenizar as vítimas envolvidas em acidentes de trânsito, independente dessa vítima ser o motorista, passageiro ou pedestre.

Alguns pensam que o acionamento do seguro DPVAT se dá apenas em caráter de morte por uma ou mais partes envolvidas no acidente, quando na verdade, o seguro DPVAT tem uma abrangência bem maior, podendo ser solicitado nos casos de morte, reembolso de consultas médicas e medicamentos receitados pelo médico, durante o período da enfermidade e invalidez permanente.

Seguro DPVAT

O que não é coberto no seguro DPVAT?

Existem alguns itens que não são cobertos no seguro DPVAT e que, as vezes não é do conhecimento de todos.

Por exemplo, danos nos veículos envolvidos no acidente, como batidas, arranhões ou até mesmo incêndio.

Outra coisa que também não é coberta são todas as tarifas, multas e demais valores cobrados por motivo de infrações realizadas pelo condutor envolvido no acidente.

Por se tratar de um seguro em âmbito nacional, não é coberto acidentes acontecidos em outros países, mesmo que eles façam fronteira com o Brasil.

 

Como é feito o recolhimento da taxa do seguro DPVAT?

A taxa paga pelo motorista é recolhida junto com a primeira parcela do IPVA, no início do ano. O valor pago pelo motorista é obrigatório e varia, dependendo do tipo de veículo que possuir.

No ano de 2018 houve uma redução de 35% no valor do seguro DPVAT com relação aos anos anteriores, com exceção das motocicletas, que continuam pagando o mesmo valor.

 

Quem tem direito de solicitar o seguro DPVAT?

Qualquer uma das partes envolvidas no acidente pode fazer a solicitação e acionamento do seguro DPVAT. No caso de acidentes graves ou até mesmo de falecimento da vítima é necessário que algum parente próximo (cônjuge ou filhos) dê entrada na documentação para a solicitação do seguro. A indenização geralmente é dividida entre todos os herdeiros em partes iguais, desde que os mesmos apresentem os documentos comprobatórios de familiaridade.

Devemos lembrar que a cobertura do seguro DPVAT é nacional, podendo ser solicitado em qualquer estado onde o acidente ocorrer, ainda que o mesmo não seja o de sua residência.

 

Fiz a solicitação. Como faço o acompanhamento da mesma?

Existe um órgão que é o representante oficial para sinistros de seguro DVPAT. Através desse órgão é possível você acompanhar o andamento das indenizações solicitadas, bem como os pagamentos já efetuados.

Ao entrar no site desse órgão, você precisa ter em mãos o número do sinistro e o CPF do requerente do seguro.

Ao digitar o número de sinistro e CPF já é possível acompanhar todo o processo, desde a sua solicitação até a sua conclusão.

Nos casos de morte, casos de invalidez, casos de reembolso de consultas médicas e medicamentos é pago a indenização do DPVAT. Em qualquer um desses casos, a solicitação de indenização deve ser feita em no máximo 3 anos, a contar da data do acidente.

 

Ainda assim se houver dúvidas, procure os órgãos responsáveis pela administração desse seguro ou até mesmo do próprio Detran, para esclarecimentos.

O que saber sobre os desafios do intercâmbio na Alemanha

Muitas pessoas na hora de escolher um país para se realizar um intercâmbio, esquecem que nem tudo é só alegria.

Sim, estudar fora é uma experiência incrível e que agrega muito conhecimento em um novo dialeto ou conhecendo de uma nova cultura, com costumes novos.

Alguns países possuem politicas de recebimento de estudantes bem rígidas, como é o caso da Alemanha.

Saiba que além do seu seguro viagem, haverá outros desafios e burocracias a se enfrentar para a realização do seu intercâmbio.

Deste modo, preparamos este texto para você compreender e ter em mente que para se estudar na Alemanha, antes será preciso enfrentar alguns desafios. Mas, que quando bem planejados esses desafios se tornaram aprendizados valiosos.

O que saber sobre os desafios do intercâmbio na Alemanha

Aprendendo o idioma local

O alemão pode ser uma língua relativamente mais complexa de se aprender em comparação ao inglês ou espanhol.

Isto acontece, porque esse idioma descende de uma língua ancestral diferente da nossa, próxima do latim, o que torna a sua estrutura mais complexa de ser entendida.

Saiba, que mesmo se sua intenção foi para a Alemanha para estudar inglês, você precisara aprender pelo menos o básico da língua local para se virar no dia a dia.

 

Leis rígidas

Para quem pretendente passar um longo período estudando na Alemanha é preciso saber que por lá as leis são seguidas à risca.

Não há essa de resolver as coisas improvisando, se algo está na lei deve ser cumprido de forma correta.

Por este motivo que a aquisição de um Seguro Viagem é tão importante, caso surja algum imprevisto ou emergência médica, você terá alguma empresa para te amparar também nas questões burocráticas.

Quando precisar resolver alguma questão burocrática com visto, passaporte ou afins tenha paciência, seguindo as regras corretamente tudo ira se resolver.

 

Custo de vida elevado

Para se manter na Alemanha será necessário dispor de um alto investimento com custo de vida, ainda mais se você for para os grandes centros.

Além de gastos com passagem, seguro viagem, gastos com aluguel, alimentação e transporte no país, deverão ser pensados previamente para não causar um rombo no seu orçamento.

Mas se bem planejado e escolhida à cidade destino com sabedoria, seu intercâmbio na Alemanha poderá ser muito proveitoso.

 

Clima hostil para brasileiros

Se você pretende estudar na Alemanha saiba que o clima pode não ser muito agradável, principalmente para brasileiros acostumados com o calor.

No inverno, as temperaturas podem cair abaixo de zero, fora que nevascas são muito comuns no país.

Para encarar este inverno rigoroso basta se preparar, comprar roupas adequadas e contar com um seguro viagem para Alemanha que cubra despesas médicas, afinal ficar doente no frio é muito comum, até mesmo se você não está adaptado as condições climáticas locais.

 

Entenda o uso do visto

Para se entrar na Alemanha é obrigatória à apresentação do passaporte, para estudantes o visto só será exigido se o período de estudo se estender por mais de 90 dias.

Também, com seu visto de estudante não é permitido trabalhar, sendo necessário emitir outro visto com esta autorização.

Entretanto, para estudantes o visto de trabalho é facilitado, ainda mais se você estiver em cursos na área da medicina, engenharia, Ti, matemática e ciências.

Caso você queira ir para o país apenas para trabalhar, o governo alemão cede um viso de seis meses para a procura do emprego.

Porém, para isto será preciso apresentar um diploma de curso superior no momento da entrada do visto.

 

Cidades mais procuradas para intercâmbio

A Alemanha em si é um país muito procurado com seus intercabistas que desejam estudar fora do país.

Entretanto há certas cidades que são os mais buscados como Berlim a capital do país, que além do seu clima movimentado possui toda a sua questão histórica que chama a atenção dos estudantes.

Munique, já chama atenção pela a sua beleza dos Alpes e clima pacato mesmo em meio a uma cidade movimentada.

A escolha da cidade para a realização do seu intercâmbio vai depender do seu estilo, se você gosta de um clima mais agitado ou tranquilo.

Porém, fazer intercâmbio na Alemanha se seguido todas as regras à risca e planejado tudo com antecedência, não encontrará muitos problemas ou imprevistos indesejados.

Sendo importante contar também sempre com um seguro viagem, que além de te amparar em casso de doenças, pode resolver outros problemas com relação a visto, furto e roubo. Acesse um comparador de seguro viagem, como o multiseguroviagem.com.br, e conseguirá os melhores preços.

E você já pensou em realizar um intercambio na Alemanha? Para quem já possui diploma de curso superior, o país possui grandes incentivos para lhe ajudar a arrumar um emprego. Então é só procurar cumprir todas as exigências locais e começar o seu tão sonhado intercâmbio na Alemanha!

Tabela FIPE: para que serve a tabela FIPE e qual a sua importância

Muitas pessoas que estão fortemente interessadas em vender ou comprar um veículo automotor, se utilizam da internet para poderem iniciar as primeiras pesquisas visando realizar esse objetivo. Em sua maioria, as pessoas gostam de iniciar as suas buscas através de sites que são locais de revenda de carros, acompanham os testes já realizados e a opinião da mídia especializada, analisam a ma de opcionais que o veículo apresenta e tudo o que for possível.

Por conta disso, neste artigo, eu vou conversar com vocês sobre a tabela mais utilizada para a ditar o preço dos veículos automotores no nosso país! Que no caso, eu estou me referindo a tabela FIPE.

Tabela FIPE para que serve a tabela FIPE e qual a sua importância

O que é a tabela FIPE?

Trata-se de uma tabela que expressa o valor médio do seu veículo, ou seja, é um tabela que é atualizada mensalmente, e que nela você vai encontrar quanto os ué veículo está valendo no mercado nacional atualmente.  A tabela FIPE é um parâmetro de mercado, ela representa o valor médio de todos os veículos, de todas as marcas, o ano e o modelo de cada um deles.

Saber o valor do seu carro utilizando a tabela FIPE pode ser uma boa para ajudar você durante um processo de negociação no futuro evolvendo uma venda, ou até mesmo um seguro que você gostaria de contratar para o seu veículo.

Para que serve a tabela FIPE?

Conforme eu disse anteriormente, a tabela FIPE é o local aonde você vai encontrar o valor atual do seu carro no mercado nacional. A vantagem de utilizar essa informação é muito clara, por exemplo, sabendo uma informação como essa, você terá condições de fazer uma boa negociação incluindo o seu carro!

Uma vez que você sabe o quanto o mercado pagaria pelo seu carro, será muito mais fácil e seguro negociá-lo com um comprador no futuro. Além de poder encontrar a melhora franquia de seguro para o seu carro levando em consideração o valor atual de mercado dele.

Fora que, você pode facilmente fugir de qualquer golpe relacionado ao IPVA do seu carro uma vez que você sabe qual é o valor atual de mercado dele.

Como funciona a tabela FIPE?

A construção da tabela é feita a partir da coleta de dados relacionados aos preços dos veículos no mercado brasileiro, como a tabela é atualizada mensalmente, então o valor que se encontra nela no momento, é o valor que o seu carro vai estar valendo nesse mês.

Com esses dados em mãos, um especialista analisara os valores com base nas informações de lançamento que foram disponibilizadas pela montadora, para chegar até um valor médio! Que representará o veículo durante aquele período do mercado.

Depois de descartar todos os valores que saíram fora da média, o especialista usa os valores que ficaram na intenção de estabelecer uma média real para que o consumidor tenha acesso ao valor de mercado do seu veículo automotor sem qualquer tipo de complicações.

Qual a importância da tabela FIPE?

A importância de algo como a tabela FIPE é de fato muito fácil de reconhecer. Sem ela, não seria possível saber qual é o valor de mercado vigente do seu veículo automotor, e dessa forma, ficaria muito mais complicado negociar um valor de revenda tanto com uma concessionária, quanto com um comprador particular que estivesse de fato interessado no seu carro.

A tabela FIPE além disso, é utilizada pelas seguradoras que trabalham no mercado nacional, ou seja, sem a tabela, não seria possível capacitar a segurado para que ela pudesse consultar o preço atual do veículo visando fornecer ao assegurado uma franquia justa baseada no valor real do veículo no momento do acidente.

Afinal, é dessa forma que a segurado vai lhe dar com um caso de franquia, quando o seu veículo sofre um acidente ou passar por algum tipo de problema.

Levando isso em consideração, é muito fácil compreender qual é a importância da tabela FIPE, portanto, se você é dono de um veículo automotor, é muito importante ficar de olho na tabela para saber quanto o seu carro está valendo no mercado nacional.

Essas foram as dicas que eu tinha pra vocês ligadas a tabela FIPE e como ela funciona. Espero que tenham entendido a importância dessa ferramenta para o mercado de veículos no nosso país.

6 Motivos para contratar um rastreador veicular?

Rastreadores veiculares tem se tornado uma febre nos últimos em decorrência da segurança que ele proporciona ao dono de veículo.

No Brasil onde o índice de roubo de veículos cresce a cada ano, tomar uma atitude a isto tem se tornado uma prioridade.

Estima-se que cerca de 500 carros são furtados ou roubados por dia em todo o território nacional, sendo um dos principais motivos para você cogitar instalar um rastreador no seu veículo.

Além deste motivo existem outra série de fatores que você deve levar em consideração para instalar um Rastreador veicular.

6 motivos para contratar um rastreador veicular

Desta forma, preparamos esta lista com seis motivos que você não considerar rastreadores um luxo e sim uma prioridade.

Pericolocidade do local onde você vive

Principalmente para quem vive nos grandes centros onde os índices de roubo e furto de são maiores a instalação de um Rastreador veicular é muito importante.

Desta forma, caso seu veículo seja roubado você possui a praticidade de conseguir localizá-lo rapidamente.

Também, se você possui hábitos muito agitados com o seu carro, como usa muito ele ou trabalha com ele, ter um rastreador irá proporcionar maior segurança para você ao sair de casa.

Um veículo é um alto investimento que você faz, desta forma você deve protegê-lo ao máximo para mantê-lo sempre com você.

Maior segurança para a sua família

Em alguns casos de roubo de veículo pode ocorrer de alguém da sua família acabar ficando dentro do veículo com o assaltante.

Com um rastreador veicular, além de localizar a vítima você pode também recuperar o seu carro, sendo muito mais seguro, ainda mais para você que possui crianças pequenas.

Controle da frota

Não é somente o trânsito e as cidades que estão cada vez mais perigosos, quem possui uma frota de caminhão e percorre longas distâncias pelas estradas, sabe como estas estão na mesma situação.

Neste caso, o rastreador veicular além de localizar o caminhão te ajuda a recuperar a carga, sendo dois investimentos que você recupera.

Este tipo de serviço no geral oferece descontos para frotas, já que são instalados mais de um rastreador, basta você pesquisar e encontrar um mais vantajoso para você.

Também, outra vantagem é que rastreador veicular em caminhões tendem a ter outras funções como medir a quilometragem rodada do caminhão ou identificar quem é o motorista no momento de uma infração.

Segurança 24 horas

Quem possui um rastreador veicular pode ter certeza que este é protegido 24 horas por dia, pois basta entrar em contato com a central do seu rastreador para localizar o seu veículo em qualquer horário.

Afinal, um roubo ou furto não tem hora para acontecer e possuir esta característica é muito importante para uma empresa que instala rastreadores.

Também, a maioria destas empresas permite que seus clientes rastreiem por conta própria seus veículos, seja através de computadores ou pelo celular, usando aplicativos para isto.

Desta forma, tenha você um veículo para uso doméstico ou frota, com a facilidade de um celular você pode descobrir onde seu veículo se encontra.

Desconto no seguro veicular

No geral as seguradoras oferecem descontos para veículos que possuem um rastreador veicular.

A explicação é clara, este já contém uma proteção a mais, desta forma é completamente cabível cobrar menos pelo seguro.

Também, em caso de roubo ou furto é possível localizar e encontrar o veículo, em um sem rastreador veicular isto já é mais difícil.

Você não sai no prejuízo

Muitas pessoas possuem receio de instalar um rastreador veicular por achar que esta não é uma solução eficaz para recuperar o seu veículo.

Mas não se preocupe, em um geral as empresas oferecem algum tipo de indenização ao cliente caso o veículo não seja encontrado.

Desta forma, você não sai do prejuízo, podendo até mesmo receber uma indenização com base no valor do veículo, dependendo da sua empresa é claro.

Com estes seis motivos fica claro a você que possuir um rastreador veicular é muito mais que um luxo e sim uma necessidade.

Em uma hipótese do seu veículo ser furtado ou roubado você sentirá com toda a certeza a falta de um dispositivo para localizá-lo.

Assim, não perca mais tempo, encontre uma empresa de rastreador veicular que mais se encaixe no seu perfil e proteja seu patrimônio hoje mesmo.

Consulta IPVA: como saber se tenho débitos no meu IPVA?

Todas as pessoas que possuem um carro já sabem que é preciso pagar anualmente o IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores). Entretanto, muitos ainda têm dúvidas na hora da consulta IPVA, principalmente se há débitos do veículo.

Consulta IPVA

O IPVA é um tributo que deve ser pago pelos donos dos carros todos os anos ao governo do Estado – e não há como fugir disso. Proprietários de barcos, aeronaves e navios estão dispensados de pagar o imposto. O pagamento é essencial para evitar as seguintes situações:

  • Perda de licenciamento;
  • Apreensão do veículo;
  • Multa de 20%;
  • Inscrição na dívida ativa e nos cadastros de inadimplentes.

O valor do tributo é baseado no valor da compra do carro e também depende do tipo de veículo (motocicletas ou automóveis), variando de 1 a 6% sobre o preço de venda do automóvel.

Agora que você sabe a importância desse imposto, saiba fazer a consulta IPVA e descobrir se o seu veículo tem débitos. Confira!

Consulta IPVA: passo a passo

A cobrança do IPVA é feita pela Sefaz (Secretaria da Fazenda) de cada Estado, e cada uma possui suas regras a serem seguidas.

Para consultar o IPVA, siga estas instruções:

  • Acesse o Sefaz do Estado onde seu veículo está licenciado;
  • Vá para o Menu e acesse o item IPVA;
  • Escolha a opção para consulta IPVA;
  • Na janela que abrir, digite o número do RENAVAM e a placa do veículo.

OBS.: RENAVAM é sigla para Registro Nacional de Veículos Automotores, e está presente no documento de licenciamento.

O site da Sefaz de cada Estado tem um layout diferente na hora de buscar pelo menu IPVA. Para facilitar, daremos exemplos de dois Estados:

Consulta IPVA RJ

Assim que entrar no site, clique em Menu → Contribuinte → IPVA → Acesse Mais Opções → Clique em Consulta Dívida Ativa IPVA por Renavam → Siga as instruções na tela.

Consulta IPVA SP

No site da Sefaz de São Paulo, encontre a aba CIDADÃO e clique em IPVA. Assim que abrir a página, clique em Consulta de Débitos Vinculados ao Veículo. Em seguida, digite o RENAVAM e a placa do veículo. Às vezes, pode ser necessário digitar o número CAPTCHA.

Você também pode consultar débitos do seu carro através do portal do DETRAN (Departamento de Trânsito). É só incluir o número do Renavam e da placa, como na Sefaz.

Além de você descobrir se possui dívidas com o seu automóvel ou motocicleta, também será possível saber o valor do IPVA pesquisado.

Para que serve o IPVA?

O valor do IPVA serve para custear gastos com saúde, educação, segurança, transporte, rodovias e a construção de hospitais. O governo estadual pode gastar o montante arrecadado onde mais precisar de investimento.

Esse tributo é tão importante quanto o DPVAT (Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre) e o Licenciamento, dois impostos a mais que você precisa pagar se quiser manter o seu carro rodando na estrada.

Com este passo a passo para consulta IPVA, fica ainda mais fácil pesquisar a situação do seu veículo e, principalmente, saber se há débitos para quitar.

Seguro Automotivo: Quais são os documentos Necessários para o seguro auto?

Nos dias de hoje é praticamente impossível ficar sem um seguro automotivo. Os índices de roubo, furto e acidentes de trânsito são altos e nada melhor do que manter o seu auto assegurado para você ficar mais tranquilo e ter menos prejuízos, em casos de sinistros e outras situações.

Você não tem um seguro automotivo ainda ou está querendo trocar de empresa seguradora? Então, saiba que uma série de documentos precisa ser providenciado e entregue à empresa, antes da efetivação do contrato.

Para facilitar esse trabalho, veja, se a seguir, quais são os documentos necessários para o seguro auto. Assim, você já providencia a documentação com antecedência.

Seguro automotivo quais são os documentos necessarios

Documentos necessários para o seguro auto

Para fazer um seguro automotivo, as empresas seguradoras costumam requerer os seguintes documentos:

 

  • RG,
  • CPF,
  • CNH (Carteira Nacional de Habilitação),
  • Comprovante de residência,
  • Certificado de Registro e Licenciamento do veículo (CRLV),
  • Certificado de Registro do Veículo (CRV),
  • Nota Fiscal de compra, em caso de auto recém adquirido, com a data de saída da loja/concessionária.

 

Atenção! Confira com a empresa seguradora ou o corretor de seguros se há outros documentos a serem entregues e se será preciso apresentar cópias autenticadas dessas documentações descritas. Caso necessite de cópias autenticadas, providencie a autenticação dos documentos em um Cartório de Registros e Notas.

Depois de entregar os documentos, você provavelmente deverá preencher a proposta da empresa seguradora, onde constarão as cláusulas do contrato. Leia-as todas com atenção, antes de assinar o contrato.

Um questionário também lhe será fornecido. Nem pense em omitir ou mentir informações. Pois, se o dado incorreto for descoberto (e geralmente é), você pode ser prejudicado perdendo coberturas do seguro automotivo ou mesmo ter o seu contrato rescindido pela empresa – além de poder prejudicar sua imagem perante a outras empresas seguradoras, que podem se negar a fechar um contrato de seguro automotivo com você.

Além disso, tudo o que você preencher e assinar para aa empresa seguradora, exija uma cópia. Também peça comprovantes de pagamentos, caso sejam efetuados no momento da efetivação do seguro automotivo do seu veículo.

Vale ainda verificar se a empresa possui algum material fácil de transportar, onde constem os contatos da seguradora para telefonar no caso de problemas, como sinistros. Isso facilita muito o acesso a empresa em casos de acidentes, roubos, furtos, etc.

 

Alguns cuidados aos contratar um seguro automotivo

Além dos documentos necessários para o seguro auto, fique por dentro de alguns cuidados que é preciso ter antes de fechar contrato com uma empresa seguradora. Confira a seguir:

 

  • Procure por empresas seguradoras já conhecidas no mercado.

 

  • Leia e fique atento a todas as cláusulas do contrato do seguro automotivo. Tire as eventuais dúvidas com a empresa ou com o corretor de seguros. Apenas assine e feche o negócio com todas as informações esclarecidas.

 

  • Consulte as principais normas da SUSEP (Superintendência de Seguros Privados), para saber se as regras praticadas pela empresa seguradora estão em conformidade com a legislação vigente. No site da SUSEP é possível ter acesso as principais informações em relação as regras do seguro automotivo.

 

  • Informe a empresa seguradora no caso de outras pessoas conduzirem o veículo segurado com frequência. Assim, as coberturas e assistências passam a ser estendidas para problemas que aconteçam com o veículo assegurado, com tais pessoas na direção dele.

 

  • Se possível, conte com a assistência de um corretor de seguros. Esses profissionais facilitam alguns processos de contratação do seguro automotivo, além de esclarecerem dúvidas.

 

  • Como já mencionado, jamais minta ou omita informações à empresa seguradora.

Mantenha a sua tranquilidade e a segurança do seu veículo com um seguro automotivo!

Entenda qual é a Diferença e a Importância dos Cosméticos Veganos

Com a vida moderna, vieram algumas novas praticas que começaram a se popularizar na nossa sociedade, uma dessas práticas é o tão famoso veganismo. Para você que não sabe, existe uma diferença muito grande do vegano para o vegetariano.

Cosméticos Veganos

O vegetariano é a pessoa que simplesmente não gosta de comer carne apenas, já o vegano, ele além de não consumir carne, o vegano tem uma filosofia de vida que o impede de não só consumir carne animal mas, utilizar produtos que foram testados em animais, comprar jaquetas de pele animal, ou seja, qualquer tipo de exploração animal o vegano é contra! Portanto, se a sua empresa prática algum tipo de exploração animal, mesmo que o seu produto não tenha nenhuma ligação com o fato, é bem provável que eles não vão consumir de você.

 

Muitos cosméticos são testados em animais, e em muitos casos são testados em coelhos devido ao fato de que a pele do animal é muito parecida com a nossa, portanto, se o coelho rejeitar o produto, significa que ele não pode ser utilizado por um humano.

 

Não é somente os cosméticos que passam por esse teste, lingeries também são testadas dessa forma na intenção de ver a qualidade do tecido, se o animal rejeitar, o produto não ser para ser vendido.

 

Neste artigo, vamos comentar um pouco sobre os cosméticos veganos, e qual é a diferença entre eles e os cosméticos convencionais, assim, você terá a oportunidade de entender melhor como funciona a filosofia de quem segue este estilo de vida. Continue lendo:

O QUE É O COSMÉTICO VEGANO?

 

O cosmético vegano é basicamente um produto que não é testado em animais ou contém qualquer produto que venha de origem animal. Naturalmente, todos os cosméticos veganos costumam ser orgânicos, e não podem ser testados em bichos devido a filosofia vegana proteger qualquer tipo de exploração animal.

 

Honestamente, muitas pessoas hoje em dia estão aderindo a essa nova cultura, e para não ficar de fora e acabar perdendo todo esse mercado que ainda não havia sido explorado, a indústria de cosméticos resolveu começar a comercializar cosméticos que não são testados em animais, não contém origem animal e são em sua maioria 100% orgânicos. Assim nasceram os cosméticos veganos.

 

VALE A PENA COMPRAR COSMÉTICOS VEGANOS?

 

Se você for uma pessoa que concorda com essa filosofia de vida vale a pena sim, afinal, são os únicos cosméticos que podem ser considerados realmente confiáveis para um vegano, mas, é um produto que também possui desvantagens como qualquer outro.

 

Um cosmético vegano normalmente não contém tantos compostos químicos justamente por ser feito de produtos totalmente naturais ou por não ter sido diretamente testado em um animal. Por exemplo, caso o princípio ativo de um batom seja testado em animal, pode ser identificado possíveis reações alérgicas ou erros de excesso na composição não será apontado tal erro antes da utilização. Um pré-teste é crucial para alinhar pontos na composição do produto.

A formulação completa por compostos naturais, pode ser uma desvantagem tremenda que prejudica muita a eficácia dos cosméticos veganos. Onde grande parte dos compostos químicos que tem qualidade e realmente trazem valor para os cosméticos foram previamente testados em animais, e por não serem utilizados durante a fabricação dos cosméticos veganos, os produtos acabam sendo de fato menos eficazes do que um cosmético tradicional.

 

Porém as pessoas fazem de tudo por suas ideologias, não importa o quão restritiva ela seja, portanto, se você acredita no veganismo, para você, os cosméticos veganos pode ser sim uma saudade viável, mas, se você não está muito interessada em se tornar vegana, eu recomendo que você continue utilizando os cosméticos tradicionais, por que atualmente, a eficácia deles é realmente garantida.

 

AONDE POSSO COMPRAR COSMÉTICOS VEGANOS?

 

Hoje com a a internet, é muito fácil encontrar qualquer coisa para comprar, afinal, no mundo digital, tudo se faz presente. Mas, se você quer ir até um local para experimentar cosméticos veganos na intenção de sentir o produto para ver se lhe agrada, bom, nesse caso, a coisa fica um pouco mais complicada.

 

Conforme eu mencionei anteriormente, os cosméticos veganos são uma vertente do mercado de cosméticos, ou seja, são apenas uma fatia do mercado! Possuindo uma baixa procura, por conta disso, é muito difícil encontrar uma loja que realmente trabalhe com uma variedade considerável de cosméticos orgânicos.

Mas, é recomendado pedir indicações a um dermatologista ou profissionais focados em cuidados com a pele. Certamente eles terão boas indicações de produtores de cosméticos veganos próximo de você.

Newer posts »

© 2018 Sintesete

Theme by Anders NorenUp ↑